Principais componentes

São os componentes de usinas de asfalto gravimétrica.

Silos alimentadores

Nos silos de alimentação a dosagem dos materiais é controlada de forma automática por meio de moto- redutores elétricos e variadores de velocidade em cada uma das correias dosadoras. Cada silo possui correia individual. O controle de dosagem, independente, é realizado por meio de conversores de freqüência em forma automática.

Secador

O secador do tipo contra-fluxo tem características que garantem uma produção efetiva de massa asfáltica homogênea com secagem extremamente eficiente. Isso evita que a umidade residual chegue ao misturador, oxidando o asfalto e prejudicando suas propriedades. O calor é aplicado gradativamente aos agregados, resultando em alta eficiência de troca térmica. A secagem em contra-fluxo gera melhor aproveitamento da energia, economizando combustível.

Queimador

O queimador pode ser abastecido com óleos leves e pesados e/ou gás (GLP ou Gás Natural). Utiliza um eficiente controle de mistura, no qual a relação da mistura ar e combustível pode ser ajustada de forma automática ou manual. Tem ignição controlada pelo operador com chama piloto e controle de purga e pressão, nos casos de utilização de GLP ou gás natural. Com dosagem de combustível precisa, por controle microprocessado, o queimador tem atomização eficiente e pode ser acessado facilmente para manutenção e regulagem.

Sistema de peneiras

Além dos controles iniciais de dosagem de materiais na entrada, as usinas gravimétricas possuem um sistema composto por peneiras vibratórias para classificação granulométrica, que classificam e separam os agregados em diferentes tamanhos. Com vibração variável, o processo permite o descarte de material fora de padrão e pode conter sistema de adição de filler, polímeros e fibras, além de pesagem e separação de finos.

Separador estático®

O Separador Estático® cumpre a função de pré-filtro, coletando o material particulado com eficiência aproximada de 80% considerando todos os tamanhos, e de 100% para partículas com tamanho superior a 200 mícrons. Isto aumenta a vida útil dos elementos filtrantes, pois as partículas maiores são as mais abrasivas e possuem maior temperatura que os gases.

O material coletado no Separador Estático® é devolvido diretamente ao misturador. A qualidade da mistura em usinas contínuas de mistura externa pode ser comparada à daquelas executadas em usinas gravimétricas

Filtro de mangas

Para calificar la purificación de gases de extracción de sus plantas y atender a los más rígidos estándares mundiales de protección ambiental, CIBER desarrolló un sistema exclusivo con filtro de mangas plegables. Construidas en forma de cartucho, las mangas plegadas tienen área filtrante cinco veces superior a las mangas lisas tradicionales, posibilitando la construcción de una planta móvil con alta eficiencia en la retención de material particulado y de gran estabilidad operacional inclusive en alta producción.

Las mangas de CIBER filtran en la superficie (no permiten la contaminación del tejido) lo que las hace totalmente lavables. Es posible lavarlas, en caso de necesidad, como por ejemplo, en el caso de la utilización de combustible contaminado. Además de todas estas ventajas, las mangas plegadas de filtrado por superficie facilitan la operación de autolimpieza.

Consumiendo menor cantidad de aire comprimido así como generando menor pérdida de carga en el filtro.

El material colectado en el filtro de mangas se devuelve directamente al mezclador.

Silos quentes

Dispostos em linha e com isolamento térmico, sensores de carga e portas de inspeção, os silos quentes são responsáveis por estocar (por curto espaço de tempo, somente para dosagem) os agregados previamente separados. Possuem comportas controladas pela balança de agregados, por meio de válvulas pneumáticas.

Balança de agregados

A balança recebe os agregados vindos dos silos quentes, dosados pelas comportas.

A balança controla as comportas dos silos quentes e recebe os agregados. O sistema, com sensores eletrônicos, trabalha de forma a integrar (somar a+b+c+d) as quantidades necessárias de cada material. Quando a quantidade está completa, todo o agregado é descarregado no misturador.

Misturador Pug-Mill

Com controle total de tempo, o misturador do tipo Pug-Mill realiza a mistura dos agregados com o CAP. O misturador externo do tipo Pug-Mill é constituído por uma grande caixa metálica com tampas superiores móveis, aquecida pela circulação de óleo térmico que mantém a temperatura da mistura durante do processo; mais dois eixos paralelos, que giram em sentido oposto, com braços, aletas e proteções internas construídos em aço de alta resistência. O acionamento é realizado diretamente por dois moto-redutores, sincronizados por duas caixas de redução angulares.