Wirtgen W 210: maior aderência para o TT Circuit Assen

O TT Circuit Assen, na Holanda, é um dos circuitos de motociclismo mais importantes da Europa. Durante os trabalhos de recuperação, a GMS Fahrbahnsanierungen GmbH, empresa responsável, utilizou uma fresadora a frio W 210 da Wirtgen, com cabine e cilindro de microfresagem FCS.

Com um avanço de 3 a 6 m/min. (dependendo da necessidade) a fresadora a frio W 210i da Wirtgen nivelou de forma rápida e confiável a reta de largada/chegada.

Com um avanço de 3 a 6 m/min. (dependendo da necessidade) a fresadora a frio W 210i da Wirtgen nivelou de forma rápida e confiável a reta de largada/chegada.

Com 4,5 km, o circuito tem capacidade para 100.000 espectadores, sendo a única pista do campeonato mundial projetada especialmente para motocicletas. Ao longo do tempo se formaram lombadas com altura entre 3 e 8 mm nas retas de largada e chegada. Resultado: As motocicletas oscilavam ao frear antes da curva, não permitindo mais o seu controle. Para os pilotos, isso constitui um risco elevado de segurança, exigindo o nivelamento de uma área de 3.000 m² e a restauração da aderência.

Microfresagem coloca a pista novamente nos eixos

Uma aplicação clássica para a microfresagem: a empresa de fresagem GMS apostou mais uma vez nessa tecnologia estabelecida pela líder de mercado Wirtgen. A microfresagem permite eliminar as deformações superficiais da pista e obter uma superfície plana e homogênea.

"Optamos por uma fresadora a frio W 210 da Wirtgen com cilindro de microfresagem FCS LA 6x2. Ele dispõe de 672 ferramentas de corte, ao invés de 168, como os cilindros de fresagem padrão" - explica Ernst Kugel, diretor de obras da GMS. Diferentemente do que ocorre com os cilindros padrão, os cilindros de microfresagem possuem uma distância entre linhas de corte inferior a 6 mm, gerando assim uma superfície finamente estruturada, com profundidade de fresagem máxima de 3 cm.  

Uma vez que a cabine pode ser movida para a direita e para a esquerda partindo da borda zero e girada em 110° em ambas as direções, o operador da W 210i possui a todo tempo uma visão livre da área de trabalho - mesmo em marcha à ré.

Uma vez que a cabine pode ser movida para a direita e para a esquerda partindo da borda zero e girada em 110° em ambas as direções, o operador da W 210i possui a todo tempo uma visão livre da área de trabalho - mesmo em marcha à ré.

Alta flexibilidade com o FCS

Além disso, o Flexible Cutter System (FCS) da Wirtgen oferece a solução ideal para de forma rápida e com apenas alguns movimentos realizar a troca de cilindros de fresagem com diferentes distâncias entre linhas ou larguras de trabalho. Trata-se de uma grande vantagem e de um fator decisivo para a operação eficiente de fresadoras grandes, como explica Torsten Meyer, presidente da GMS: "Para nós é importante uma aplicação diversificada das máquinas, alcançando dessa forma uma ütilização rentável."

Isso também se aplica à recuperação do TT Circuit Assen. Aqui, a GMS apostou também no sistema de nivelamento Multiplex, especialmente indicado para a utilização em trabalhos de microfresagem, para medição de irregularidades alongadas, e que combina diversos sensores em um ou ambos os lados da máquina (ex. sensor por fiação, ultrassônico ou de cilindro). A profundidade de fresagem é determinada de forma precisa a partir do valor médio dos sensores conectados. Isso permite corrigir de forma excelente as ondulações longitudinais e obter resultados de nivelamento extremamente precisos. O diretor de obras Ernst Kugel mostrou-se satisfeito com o nivelamento: "A qualidade da superfície da pista é excelente. Não encontramos mais nenhuma irregularidade."

Utilizando uma régua de 4m, a BAM, empreiteira principal, verifica o nivelamento da superfície restaurada da via. Graças ao sistema de nivelamento Multiplex, a W 210i realizou um trabalho completo e não deixou nenhuma irregularidade para trás.

Utilizando uma régua de 4m, a BAM, empreiteira principal, verifica o nivelamento da superfície restaurada da via. Graças ao sistema de nivelamento Multiplex, a W 210i realizou um trabalho completo e não deixou nenhuma irregularidade para trás.

OCS: para mais eficiência

É óbvio que, paralelamente à tecnologia de aplicação correta, também foi utilizada a fresadora a frio adequada. Nesse ponto, a GMS contou com a Wirtgen W 210, com o inovador "Operator Comfort System" (OCS). O sistema oferece um elevado conforto de deslocamento e uma enorme facilidade de utilização da máquina. Um elemento fundamental do OCS é a cabine de deslocamento e giro hidráulico, capaz de colocar o operador de forma rápida e eficaz na posição que oferece a visão ideal. Os equipamentos internos da cabine não deixam a desejar em nada. "A transmissão por câmera, a direção precisa através de joystick e o sistema automático de controle climático garantem condições de trabalho ideais seja quais forem as condições de tempo" - explica o operador Jürgen Dielefeld, salientando as vantagens do "Operator Comfort System".

Profissionais: depois de a fresadora da Wirtgen ter recuperado adequadamente a área de largada/chegada, um piloto colocou a "nova" pista de corrida à prova em uma corrida de teste. Resultado: aprovada!

Profissionais: depois de a fresadora da Wirtgen ter recuperado adequadamente a área de largada/chegada, um piloto colocou a "nova" pista de corrida à prova em uma corrida de teste. Resultado: aprovada!

A aderência necessária foi devolvida à pista de motociclismo por uma combinação de fatores como equipamentos de primeira linha, tecnologias inovadoras e trabalho concentrado de todos os envolvidos. "Assim, conseguimos realizar o trabalho de recuperação sem prejudicar demais as corridas" - comenta o diretor de obras Ernst Kugel.

EN FR ES PT