Tendência Mundial em Mineração: Substituição de plantas fixas por móveis

A Mineração Tamoio S/A - Indústria e Comércio de Agregados está quebrando paradigmas no setor ao implementar mais de 8 plantas móveis de britagem da marca Kleemann, as quais possuem alta capacidade de produção e reduzido custo operacional.

O Projeto

O projeto, que consiste na maior planta de britagem móvel para a indústria de agregados da América Latina, está localizado em Jacarepaguá, no Rio de Janeiro. Foi estruturado pela Kleemann para a Mineração Tamoio S/A.
A escolha do Projeto Tamoio nasceu da visita e conhecimento dos procedimentos usados em outras grandes mineradoras do mundo na América do Norte, Ásia e Europa, além da própria qualidade dos equipamentos e know-how da Kleemann.
Essa mudança, que já é uma tendência país a fora, permite que os custos operacionais das obras sejam reduzidos, já que os altos gastos com o transporte da rocha até a planta de britagem deixam de existir. A Kleemann participa dessa iniciativa com equipamentos de britagem e peneiramento móvel.

Maquinário

Agregadas às operações na Tamoio estão oito máquinas de britagem e peneiramento móvel da linha Kleemann. Graças a utilização dessas máquinas, os resultados conquistados por esse projeto, inédito no Brasil, chegam a marca de 900t/h, recorde de produção.

O uso desses equipamentos proporciona, além da velocidade excepcional, mobilidade para fazer toda e qualquer alteração que se mostrar necessária. “As plantas móveis, aliadas ao comprometimento dos profissionais, contribuíram muito para os ótimos resultados”, analisa Orlando Lopes Ribeiro Neto, vice-presidente da Mineração Tamoio S/A - Indústria e Comércio de Agregados.
Para garantir a utilização e manutenção correta dos equipamentos são feitas reuniões para falar sobre o projeto. Além de possuir, também, assistência com profissionais 24 horas por dia, que dispõem de oficina móvel para eventuais problemas e um enorme estoque de peças.

Os equipamentos presentes no Projeto são:

  • Dois britadores cônicos MCO 13
    Com capacidade de produção de aproximadamente 400 t/h, seu peso total é de 57.000 kg e dimensões de 19.000 mm de comprimento x 3.550 mm de largura. O sistema de acionamento é elétrico e possui sistema de abatimento de pó. A potência dos motores varia conforme aplicação. Montado sobre esteiras, o que permite a mobilidade. A potência do motor do britador cônico é de 400 HP.
  • Dois britadores cônicos com peneiras secundárias de três decks MCO 13S
    Com capacidade aproximada de produção de 400 t/h, seu peso é de 105.000 kg e dimensões de 23.000 mm de comprimento x 3.550 mm de largura. Com sistema de acionamento elétrico, também possui sistema de abatimento de pó e montado sobre esteiras. O britador cônico possui motor com potência de 400 HP. A peneira vibratória, com três decks, tem comprimento 6.000 mm x 2.350 mm de altura e inclinação tipo banana.
  • Duas peneiras móveis de três decks sobre esteiras MS 23D
    Fabricada com aço de alta resistência estrutural tem tração integrada das esteiras. A alimentação é realizada por uma correia transportadora. O acionamento é elétrico, e possui capacidade de produção de até 800 t/h. Ideal para materiais de alimentação com tamanho de até 200 mm. Todas as funções podem ser travadas eletricamente, inclusive as unidades de peneiramento de fluxo ascendente ou descendente ou as correias transportadoras.

Para a execução da britagem primária, a planta conta com os modelos:

  • MC 120 Z - britador de mandíbulas sobre esteiras com sistema integrado de pré-peneiramento
    Esse equipamento também pode ser utilizado para reciclagem de concreto. A calha vibratória de descarga, localizada abaixo do britador, reduz o desgaste da correia do transportador de descarga principal e aumenta consideravelmente a segurança operacional do equipamento. O exclusivo sistema de acionamento elétrico dos motores (exceto o acionamento da tração e do ajuste da largura de espaçamento) possibilita uma operação com grande eficiência econômica. Este sistema permite ainda que o equipamento, opcionalmente, possa ser conectado a uma fonte de alimentação externa, aumentando ainda mais sua autonomia.
  • MC 140 Z - britador de mandíbulas sobre esteiras com sistema integrado de pré-peneiramento e rompedor hidráulico acoplado ao silo de alimentação
    Especialmente projetado para obter altos níveis de produção, possui boca de entrada que permite alimentação de rochas de grandes dimensões. O pré peneiramento de duplo deck possui cerca de três metros de comprimento e motor com potência de 400 kW, são elementos diferencias deste modelo. Pesando 54 toneladas, o britador de mandíbula é capaz de processar materiais de alimentação de até 1300 mm x 1000 mm e de atingir taxas de produção de até 700 t/h, dependendo do material de alimentação a ser processado. O custo operacional é muito baixo em relação aos concorrentes, com conceito de acionamento Dual Power, as plantas móveis da Kleemann operam por meio de fonte de energia externa onde funcionam tanto com rede elétrica quanto diesel, fazendo a máquina se adequar as necessidades do cliente e não ao contrário. Esse método foi criado a partir da política da Kleemann de exigir o máximo de evolução em cada maquinário produzido. Para o caso dos equipamentos utilizados no Projeto Tamoio, a vantagem está no maior valor agregado, isso graças à sua mobilidade, pois, ao término de um trabalho com máquinas móveis, estas podem ser reutilizadas em outros projetos. Além de projetadas para otimizar o fluxo contínuo de material e gerar produtos finais de maior qualidade, a robustez dos britadores Kleemann garantem a estabilidade e redução de impacto nos componentes internos. Esses fatores aumentam a vida útil do sistema, o que reflete no menor custo operacional da planta. Para Orlando Ribeiro, vice-presidente da Mineração Tamoio, todas estas qualidades permitem que os britadores e peneiras móveis da Kleemann tragam alta produtividade e praticidade,“Temos uma velocidade de produção excepcional, além de mobilidade para fazer toda e qualquer alteração que se mostrar necessária para nós”.

Produção

A capacidade produtiva é o ponto alto do modelo de britagem móvel, pois é capaz de alcançar os mesmos níveis de processamento que o fixo. No caso da Tamoio, de 900 toneladas por hora. As unidades móveis da Kleemann são projetadas para evitar desgastes prematuros das peças de reposição. Isso é possível, entre outros fatores, devido ao pré-peneiramento de escalpe, que resulta na diminuição das reposições de peças e consequentemente do custo operacional. Diferente dos modelos fixos, que levam em média, entre montagem e instalação, cerca de 120 dias para inicio, os móveis são sistemas prontos para operação.

Importância do Projeto

Os equipamentos Kleemann atendem a uma demanda de grande relevância para a urbanização e a infraestrutura do Rio de Janeiro, sendo a Tamoio a única fornecedora de brita ao município. A produção de brita, a partir da pedreira, é o principal insumo da construção civil e, para o caso específico do Rio de Janeiro, as demandas têm sido aceleradas. Desta forma, todas as vantagens apresentadas pelos maquinários de britagem e peneiramento móvel reforçam o conhecido slogan da Wirtgen, empresa que busca sempre atender e estar o mais próxima possível de seus clientes.

EN FR ES PT