Limpando o caminho – Abrindo estradas com Mineradoras de Superfície para desobstruir o caminho em terrenos rochosos

As mineradoras de superfície da Wirtgen podem fazer muito mais do que simplesmente extrair minerais lucrativos. Quando desenvolveram o Chisholm Trail Parkway no Estado Americano do Texas, foram utilizadas para direcionar o trabalho e abriram o seu caminho confiavelmente através da rocha dura.

A vista de uma autoestrada federal em Fort Worth, Texas, é, certamente, incomum: ao invés de máquinas de construção rodoviária que normalmente dominam a cena, três mineradoras estão abrindo o caminho através do solo rochoso. Estas máquinas, contudo, não estão minerando minerais lucrativos – estão cortando uma rota, outro domínio das mineradoras de superfície da Wirtgen. A Autoridade de Concessionárias de Rodovias do Norte do Texas (NTTA) está construindo o Chisholm Trail Parkway aqui, com 28 milhas de comprimento, uma rodovia com pedágio que, no future, conectará a Interstate 30 ao sul de Fort Worth com a Autoestrada 67, próxima a Cleburne.

O design modular da Wirtgen 2200 SM — a menor mineradora de superfície, com uma largura de trabalho de 2,20 metros e uma profundidade de corte de até 30 cm —- é uma enorme vantagem prática: a máquina pode ser utilizada como uma mineradora de superfície clássica para operação de mineração; com poucas modificações, também pode ser utilizada como uma fresadora de alto desempenho para a construção de rodovias. Isso garante uma alta eficiência da máquina.

O desafio: abrindo estradas sem perfurar e dinamitar

A NTTA enfrentou dois problemas ao planejar o projeto. De um lado, a rota planejada passava através de terreno extremamente rochoso, com calcário maciço. O outro problema foi que os métodos convencionais de perfuração e dinamitação não eram permitidos para este projeto. “Estamos trabalhando dentro dos limites da cidade de Fort Worth. Perfurar e dinamitar são coisas do passado aí e em locais próximos,” diz Mike Manley, Gerente da Divisão de Equipamentos, da Mario Sinacola & Sons Excavating Inc.

As condições no local de construção em Fort Worth representam enormes desafios tanto para a equipe de funcionários, como para as máquinas. È por isso que os equipamentos pesados do setor de mineração são utilizados: As Mineradoras de Superfície da Wirtgen abrem o caminho através das rochas mais duras.

A empresa contratou para executar o trabalho, uma das maiores empreiteira gerais no norte do Texas, e em seguida apresentou uma solução válida, mas de certa forma incomum à primeira vista: por que não utilizar mineradoras de superfície em construção rodoviária para remover substrato de calcário extremamente duro, de forma rápida e com precisão milimétrica? No negócio de mineração, Mario Sinacola & Sons já utilizaram com sucesso máquinas usadas para a mineração de materiais lucrativos por muitos anos, pois as mineradoras de superfície da Wirtgen cortam, trituram e carregam o material em uma única operação. Não são necessárias máquinas adicionais; isso reduz consideravelmente os equipamentos, funcionários e tempo necessários. A mineração, ou operações de abertura de estradas como em Fort Worth podem ser executadas de forma mais econômica.

Uma solução excepcional

“A terraplanagem cobre uma vasta área, a quantidade de rocha a ser removida é relativamente grande e o trabalho muito intenso, explica Chris Logan, Gerente de Projetos, Mario Sinacola & Sons. Isso fica claro nos seguintes números: 2,14 milhões de metros cúbicos de calcário com uma dureza média entre 6.000 e 10.000 PSI, incluindo algumas áreas com até 16.000 PSI. “As mineradoras de superfície são decisivas, especialmente quando os tratores enfrentam os seus limites de capacidade. Com a ajuda das mineradoras de superfície, podemos triturar a rocha dura no tamanho de grão desejado, e utilizá-la diretamente no local”, acrescenta Logan. O Administrador de Projetos da empresa, Channing D. Santiago acrescenta: “Sem as mineradoras de superfície da Wirtgen, o trabalho seria extremamente lento. Utilizaríamos brocas pneumáticas durante meses e meses e incorreríamos em altos custos neste processo. As mineradoras de superfície são a opção ideal para esta aplicação.”

A Wirtgen 2500 SM carrega a rocha triturada em um caminhão à espera e uma única passada.

Alta qualidade combinada com economia máxima

Enquanto a mineradora de superfície 2500 SM com 1.065 HP e uma profundidade de corte de até 600 milímetros cortam metro após metro da passagem principal, as duas mineradoras de superfície 2200 SM, com um raio de giro de somente 2,5 metros demonstram o seu valor ao abrirem seções mais estreitas, tais como rampas e cruzamentos. “Combinando o sistema padrão de controle do nível e declives para um ajuste simples da profundidade exata de corte com um sistema adicional baseado em GPS, o operador pode adaptar de maneira ideal o processo de corte ao perfil do terreno”, diz Robert Bauer, responsável pela Divisão de Mineração da filial do Grupo Wirtgen, Wirtgen America. A exclusiva tecnologia de corte, uma competência específica da Wirtgen, minimize o desgaste das ferramentas de corte, mesmo em material abrasivo duro e, ao mesmo tempo, mantém um desempenho de extração consistentemente alto. Santiago também aprecia as vantagens de troca rápida e fácil de ferramentas: “Não são necessários martelos ou alicates, somente um extrator e as picaretas são trocadas rapidamente.”

Para a construção de rampas, foi utilizada a compacta 2200 SM, com uma profundidade ideal de corte de 25 cm neste terreno. O material cortado foi descartado em fardos.

A sofisticada tecnologia Wirtgen garante que o perfil de fundo planejado é seja cortado de maneira ordenada na profundidade predeterminada; assim sendo a rota forma uma sub-base ideal para os revestimentos pavimentados. Outra vantagem é que os caminhões de transporte podem trafegar sobre a superfície de nível sem causar danos durante todo o período de construção. Em Fort Worth, parte do material recuperado é reutilizada como uma camada de base inferior a uma profundidade de 20 centímetros. Na conclusão, a rodovia de três pistas compreenderá uma camada de base superior com 10 centímetros de espessura, além da subestrutura, e um pavimento de concreto totalmente reforçado com 33 centímetros de espessura.

Protegendo o meio ambiente

Ao utilizar as mineradoras de superfície, o empreiteiro, em última instância, ajuda a proteger o meio ambiente. Os impactos sobre o solo, ruído e poeira são consideravelmente reduzidos quando a mineradora de superfície é utilizada, ao invés de remover o material com uma broca pneumática e então transferi-lo para os caminhões. E como os custos também são mais baixos, os clientes estão cada vez mais utilizando as mineradoras de superfície da Wirtgen na construção de rodovias, como o exemplo de Mario Sinacola & Sons demonstra.

Mario Sinacola & Sons Excavating Inc. ampliaram o seu maquinário adquirindo uma Mineradora de Superfície 2200 SM da Wirtgen na Bauma 2013. Michael Sinacola (esquerda) e James Sinacola (direita) inspecionaram a máquina juntamente com Robert Bauer, Wirtgen America, no stand do Wirtgen Group.

EN FR ES PT