Ciber conquista novos mercados na África

A África é o novo e consistente mercado da Ciber Equipamentos Rodoviários. A empresa, líder no setor na América Latina, com sede em Porto Alegre (RS/Brasil), é subsidiária do grupo alemão Wirtgen que produz máquinas para pavimentação, construção e manutenção de estradas, comemora sua aceitação no mercado africano, principalmente com a linha de usinas de asfalto, que agrega portabilidade, tecnologia e consciência ambiental. Argélia, Angola, Camarões, Guiné Equatorial, África do Sul, Tanzânia, Lesoto e Líbia são alguns dos lugares que a Ciber marca presença.

Entre os produtos que já estão operando no continente africano, vale destacar a usina contra-fluxo modelo UACF 17 P Advanced com capacidade de 80 a 120t/h, elevada precisão na dosagem, de fácil transporte e instalação. Além dessa versão, a Ciber oferece uma linha completa de usinas com capacidade de 50 a 150t/h e é pioneira e líder na fabricação de usinas contra-fluxo contínuas na América Latina. Esta linha de produtos possui misturador externo tipo pug-mill com sistema de secagem em contra-fluxo e filtro de mangas de elevado desempenho que garantem produção de misturas asfálticas com qualidade diferenciada e baixo custo operacional.

De acordo com o diretor-presidente da Ciber, Walter Rauen, a empresa está representada na África do Sul, pela Wirtgen South África, subsidiária do Grupo. “Ofereceremos cobertura total com equipes comercial e técnica e pós-vendas efetivo. A Ciber está presente há cinco anos na África. São mais de 40 máquinas comercializadas no continente e o grau de comprometimento no pós-vendas abre cada vez mais portas na África,” explica.

No pós-vendas, o Grupo Wirtgen conta com cobertura integral no continente africano. A Ciber possui uma rede ampla de representantes de venda e de serviços que oferecem peças de reposição e equipe especializada para atendimento local. “A empresa está participando cada vez mais na renovação e desenvolvimento de muitos países da África com parceiros especializados que asseguram tranqüilidade e segurança aos clientes”, afirma.

Por dentro das usinas contra-fluxo - A linha de usinas contra-fluxo Ciber inclui desde a UACF 19 P-2 Advanced, de maior capacidade (150 t/h), até os modelos UACF 12 P-ME (50t/h) e UACF 15 P-1 Advanced, para obras de médio porte (80 t/h), passando pela UACF 17 P-1 e P-2 Advanced voltada para diferentes tipos de obra (120 t/h), daí a versatilidade. A dosagem dinâmica dos agregados é feita de forma individual. O sistema faz autocorreções em tempo real e possibilita maior precisão nas dosagens. O secador é do tipo contra-fluxo, que realiza a secagem e aquecimento dos agregados de forma econômica. Neste sistema, o calor é aplicado de maneira gradativa aos agregados, o que resulta em alta eficiência de troca térmica e otimização do consumo de combustível. O processo de mistura é realizado fora do tambor secador em um misturador de duplo eixo que garante maior qualidade na mistura e protege as características químicas do ligante e aplicando força ao processo de homogeneização. O equipamento possui ainda sistema de purificação de gases através de filtros de mangas plissadas que permitem altos níveis de produção sem causar danos ambientais e com eficiência de filtragem superior a 99,5%. Por isso as usinas podem ser instaladas em regiões urbanas.

Na filtragem, todos os particulados resultantes da secagem são retidos e podem ser reincorporados à mistura para melhorar a composição granulométrica. Além disso, produz qualquer tipo de mistura asfáltica, a partir do misturador externo é possível operações com ligantes especiais como o asfalto borracha ou mesmo a adição de polímeros. Estas usinas se adaptam às obras que exigem altos níveis de produção e rigoroso controle de qualidade sobre a composição do asfalto.

EN FR ES PT