Wirtgen AutoPilot 2.0 – maior precisão de pavimentação com menor custo

O AutoPilot 2.0, recentemente desenvolvido pela Wirtgen, é capaz de criar qualquer tipo de perfil offset e inset, agora de forma ainda mais econômica e precisa. O sistema 3D utiliza um modelo de dados já existente ou cria um novo modelo digital na obra. A Wirtgen oferece o AutoPilot 2.0 para os modelos SP 15/SP 15i e SP 25/SP 25i. Também é possível instalar os equipamentos posteriormente nas máquinas.

Não é necessário utilizar fio de guia ou criar um modelo geodésico de dados.

Assim, o AutoPilot 2.0 permite construir, dentre outras coisas, muretas de proteção, meios-fios, canteiros centrais ou revestimentos de vias com até 3,5 m de largura. O sistema de comando 3D consiste em um computador integrado na máquina e num tablet, o qual é fixado na vareta do Field Rover. Dois receptores de GPS montados na máquina se comunicam com uma estação de referência GPS no canteiro de obras. O sistema de navegação com suporte de satélite (GNSS) comanda a direção e a inclinação transversal da pavimentadora de concreto. É necessário apenas que haja recepção de uma quantidade suficiente de satélites e que os operadores do sistema sejam treinados adequadamente. Vantagem: não são necessárias a medição, instalação e remoção dos fios de guia. Assim, estes não atrapalham mais a equipe que se encontra em volta da máquina. Os caminhões betoneira ganham mais espaço para manobra, simplificando o transporte de material para a pavimentadora de concreto. Isso torna o processo de trabalho mais rápido e econômico. Não é mais necessário criar um modelo geodésico de dados, como antigamente.

Com o AutoPilot 2.0, as pavimentadoras de concreto da Wirtgen instalam perfis monolíticos e pistas estreitas sem utilizar fio. É possível criar, em pouco tempo, até mesmo perfis de formato complexo, diretamente no canteiro de obras.

Com o AutoPilot 2.0, as pavimentadoras de concreto da Wirtgen instalam perfis monolíticos e pistas estreitas sem utilizar fio. É possível criar, em pouco tempo, até mesmo perfis de formato complexo, diretamente no canteiro de obras.

Duas variantes: é assim que funciona

Por meio do software de operação intuitiva no tablet robusto, o usuário cria ele mesmo um fio de guia virtual no local – isso pode ser feito de duas maneiras.

Na variante 1, o usuário importa para o tablet os dados de um modelo 3D pronto.

Na variante 2, ele percorre o trecho a ser fabricado com a vareta do Field Rover e define pontos de medição individuais. O destaque é que o software calcula a linha de percurso ideal a partir dos pontos medidos – o fio de guia virtual. Os objetos existentes, tais como entradas de água, hidrantes ou postes de iluminação, podem ser levados em consideração para ajustar o fio de guia conforme necessário.

No Wirtgen AutoPilot 2.0, o Field Rover mede os pontos de apoio do fio de guia virtual. A partir de todos os pontos medidos, o software calcula a linha de percurso ideal para a pavimentação de concreto.

No Wirtgen AutoPilot 2.0, o Field Rover mede os pontos de apoio do fio de guia virtual. A partir de todos os pontos medidos, o software calcula a linha de percurso ideal para a pavimentação de concreto.

Controle de qualidade automático

Além disso, o software possui ferramentas que podem ser aplicadas de forma similar à utilizada quando são instaladas com fios de guia convencionais. Para garantir a mais alta qualidade da pavimentação, o software verifica automaticamente os dados importados ou criados com relação a pontos de dobra para a direção e o comando de altura, exibindo-os no tablet. Assim, o usuário pode corrigir eventuais pontos de dobra indesejados nos dados de modelos, arredondando os mesmos com poucas interações por meio de editores gráficos na tela touch.

Após o controle de qualidade, o tablet é conectado ao comando de máquina da pavimentadora de concreto e as especificações geradas são transmitidas para a máquina. Em seguida, a pavimentadora de concreto inicia de forma autônoma, a partir do ponto de partida, percorrendo automaticamente a linha de percurso predefinida.

O tablet pode ser facilmente removido da vareta do Field Rover e fixado na estação de ancoragem da pavimentadora de concreto da Wirtgen. Por meio do display do tablet, o operador sabe todos os parâmetros importantes e pode ajustar manualmente o fio de guia virtual caso necessário.

O tablet pode ser facilmente removido da vareta do Field Rover e fixado na estação de ancoragem da pavimentadora de concreto da Wirtgen. Por meio do display do tablet, o operador sabe todos os parâmetros importantes e pode ajustar manualmente o fio de guia virtual caso necessário.

Exibição clara garante facilidade de operação

Graças aos elementos gráficos exibidos de maneira adequada ao processo, o próprio usuário é capaz de criar objetos complexos em pouquíssimo tempo com o tablet, testá-los e montá-los usando a pavimentadora de concreto. Isso garante que objetos já existentes no canteiro de obras serão levados em consideração nos dados. O usuário mantém controle total e pode intervir a qualquer momento no processo de produção automático. Além disso, a ferramenta inteligente é fácil de operar.

No modo de exibição de mapa do Wirtgen AutoPilot 2.0, o tablet exibe todo o canteiro de obras e os objetos que se encontram nele. Cada um dos objetos pode ser controlado diretamente com o Field Rover. Assim, objetos como entradas de água, hidrantes etc. podem ser levados em consideração

No modo de exibição de mapa do Wirtgen AutoPilot 2.0, o tablet exibe todo o canteiro de obras e os objetos que se encontram nele. Cada um dos objetos pode ser controlado diretamente com o Field Rover. Assim, objetos como entradas de água, hidrantes etc. podem ser levados em consideração

EN FR ES PT