Concreto e asfalto provenientes de uma única fonte: Máquinas do Wirtgen Group utilizadas na recuperação da A5

Hoje em dia é raro encontrar rodovias fabricadas totalmente em concreto ou asfalto, principalmente nas regiões mais populosas da Alemanha. Dependendo das condições construtivas e do nível de carga previsto, são construídos trechos híbridos, como na rodovia A5, próximo a Karlsruhe. Lá, a Bickhardt Bau AG, empreiteira geral, recupera um trecho de 2,3 km, utilizando diversos equipamentos da divisão de concreto e asfalto do Wirtgen Group.

A A5 próximo a Karlsruhe está dentre as rodovias mais movimentadas da Alemanha – até 140.000 veículos passam diariamente por ela, dentre os quais 15% se enquadram na categoria de carga pesada. A idade da pista nessa seção da rodovia chegava em parte a mais de 30 anos, tendo encarado um nível de carga continuamente crescente. Não é de se admirar que o trecho “de mais idade” tenha passado por obras de recuperação.

Na A5 próximo a Karlsruhe-Durlach, o concreto foi pavimentado em duas camadas, em operação ininterrupta, até alcançar uma espessura da 27 cm. A flexibilidade da Wirtgen SP 1500 fez a diferença, possibilitando a conversão necessária da pavimentadora de concreto após 1 km.

Na A5 próximo a Karlsruhe-Durlach, o concreto foi pavimentado em duas camadas, em operação ininterrupta, até alcançar uma espessura da 27 cm. A flexibilidade da Wirtgen SP 1500 fez a diferença, possibilitando a conversão necessária da pavimentadora de concreto após 1 km.

No projeto, foram utilizadas máquinas do Wirtgen Group em todos os pontos decisivos: primeiramente, uma estabilizadora de solo da Wirtgen e um compactador cilíndrico da Hamm garantiram uma sub-base perfeitamente compactada. Em seguida, a maior parte do trecho foi construído em concreto, com as pavimentadoras da Wirtgen. Logo na sequência, pavimentadoras de asfalto da Vögele e compactadores tandem da Hamm foram utilizados para construir as entradas e saídas no entorno e uma seção de 100 m na área de uma ponte de asfalto. As tecnologias confiáveis e de alto desempenho do Wirtgen Group possibilitaram a execução das obras dentro do prazo previsto.

Wirtgen WS 250 e Hamm H 20i preparam a base

A pista de concreto antiga foi removida em todo o trecho. Em seguida, parte da sub-base precisou ser parcialmente refixada. Outra parte teve que ser completamente repavimentada, para garantir a proteção contra água. A fabricação dessa fixação com 30 cm de espessura ficou a cargo de uma estabilizadora de solo modelo WS 250 da Wirtgen, juntamente com um compactador cilíndrico de 20 t da Hamm.

Graças ao potente rotor de mistura e fresagem e ao alto rendimento em termos de material - devido ao fluxo de material ideal no compartimento de mistura - a estabilizadora de solo garantiu uma mistura bem-feita e eficiente do solo. O compactador cilíndrico H 20i vinha por trás, compactando a camada fixada. Ele garantiu a compactação necessária, com o efeito de penetração desejado na sub base. Graças à força de compactação e à carga linear superior a 60 kg/cm, tratou-se de uma tarefa simples para o compactador monocilíndrico da Hamm.

2 x Wirtgen SP 1500: Conjunto pavimentador para concreto em duas camadas e altas demandas de carga

Sobre a camada de base foi colocada uma manta para cobertura das fissuras e escoamento de água. Foi por cima dessa base que a pavimentadora de concreto SP 1500, também conhecida como "fábrica móvel de rodovias", operou para construir uma camada de concreto com agregado exposto aderente, durável e de baixo ruído da classe C 30 / 37, com espessura de 27 cm e largura de 12,50 m e 15,00 m. A particularidade é que a laje de concreto consiste em duas camadas com composições diferentes, mas é fabricada através de processo de pavimentação “fresco sobre fresco”.

O conjunto de pavimentação da Wirtgen consistiu em duas pavimentadoras de concreto de operação independente, modelo SP 1500. Para garantir a melhor conexão possível entre o concreto inferior e o superior, as duas camadas foram como de costume aplicadas em um processo através da técnica “fresco sobre fresco”. O acabamento adequado ficou a cargo de uma Wirtgen TCM 1800.

O conjunto de pavimentação da Wirtgen consistiu em duas pavimentadoras de concreto de operação independente, modelo SP 1500. Para garantir a melhor conexão possível entre o concreto inferior e o superior, as duas camadas foram como de costume aplicadas em um processo através da técnica “fresco sobre fresco”. O acabamento adequado ficou a cargo de uma Wirtgen TCM 1800.

Sobre o concreto inferior com espessura de 22 cm, produzido com cascalho disponível no local (tamanho de partícula 0/32) foi instalada uma camada de asfalto superior de 5 cm. A brita fina do concreto superior apresenta tamanho de partícula máximo de 8 mm. Soma-se a isso uma proporção elevada de cimento. Os custos associados a esse tipo de estrutura de pista são significativamente menores.

Nesse método de construção, os componentes para as duas etapas de processo são divididos em duas máquinas no conjunto de pavimentação: na primeira SP 1500, a pavimentadora de concreto inferior, encontram-se os insersores, que instalam automaticamente no concreto inferior as barras de espiga e tirantes para reforço, nas distâncias especificadas. Logo atrás vem a segunda SP 1500, a pavimentadora de concreto superior, com réguas de acabamento longitudinal e transversal. Esses dispositivos conferem ao perfil de concreto o alto grau de nivelamento desejado.

Na sequência, uma máquina de cura de textura TCM 1800 da Wirtgen realiza o acabamento da superfície. O retardador de superfície aplicado evita por certo tempo a solidificação e o endurecimento inicial da superfície de concreto (aprox. 1 mm). A dispersão de cura, por sua vez, evita o ressecamento da superfície de concreto e, consequentemente, o surgimento de fissuras na superfície. Além disso, a TCM 1800 pode, caso desejado, conferir uma textura definida ao concreto.

A equipe da Bickhardt Bau trabalhou 24 horas por dia para pavimentar o concreto. Um dos maiores desafios foi a logística: são necessários dois materiais diferentes, que devem estar disponíveis no momento certo, no lugar certo e na quantidade certa. O superintendente de pavimentação Jörg Ackermann, que atua na área há 25 anos, explica: “A pavimentação de concreto em duas camadas se assemelha a uma engrenagem planetária: há vários componentes que contribuem para o sucesso. Nesse processo, a pavimentadora da Wirtgen é quem dita o ritmo. Ela é a engrenagem solar.” A equipe realizou a pavimentação do concreto – num total de 7.500 m³ – em pouco mais de 2,5 dias.

Aliás, essa não foi a única pavimentadora de concreto da Wirtgen na obra: a SP 500 foi utilizada em dois outros locais. Com ela, foi implantada uma pista adicional para conversão bem ao lado do perfil de concreto de 12,50 m.

Vias de entrada, saída e uma passagem em asfalto

Johannes Foos, gerente de obras da entidade contratante, a autoridade regional de Karlsruhe, tem uma opinião clara a respeito do uso de concreto e asfalto: “O concreto é o material certo para esse tipo de rodovia, com alta carga de tráfego. Já nas vias de entrada e saída, em sua maioria, temos muito menos tráfego. Nesses casos, o asfalto Splittmastix é o material certo. A carga aplicada é suficiente para que não ocorra fragilização, mas não é tão alta que possa provocar sulcos.”

Por isso, além da recuperação completa da pista de concreto, as vias de entrada e saída em torno do trecho de autopista foram reparados conforme seu estado de desgaste. A Bickhardt Bau renovou as camada asfálticas de cobertura e de ligante, num total de aproximadamente 12.000 m². Além disso, a equipe asfaltou uma seção de 100 m na área de construção de uma ponte. Em um dia foram instaladas uma camada de base de 14 cm (AC 32 TS) e uma camada de ligante de 8 cm (AC 16 BS), numa largura de 10,30 m. Esses trabalhos ficaram a cargo de uma pavimentadora Vögele SUPER 1900-2 e de compactadores tandem DV 85 VO da Hamm. Após a conclusão dos trabalhos, foi aplicada uma camada de mástique asfáltico.

Alta compactação para cumprir os mais altos requisitos

Na obra em Karlsruhe, foi utilizada a SUPER 1900-2 com uma mesa extensível AB 600 TP2. Michael Fuchs, encarregado da equipe de revestimento asfáltico, gostou da mesa, pois “as mesas extensíveis da Vögele são mais estáveis e resistentes à torção que outros equipamentos.” O motivo é a versão telescópica de um tubo. Com ela, é possível ajustar a largura de trabalho correta de maneira rápida e precisa. Para Michael Fuchs, as pavimentadoras da Vögele produzem simplesmente “a melhor superfície de pavimentação” - nelas, as chapas alisadoras, réguas de tamper e barras de pressão recebem aquecimento uniforme.

Não é apenas o alto conforto de operação da Vögele SUPER 1900-2 que agrada ao condutor de pavimentadora, Pascal Reichmann: as dicas e truques aprendidos por ele durante um curso de especialização de uma semana na fábrica da Vögele em Ludwigshafen também o ajudam no trabalho diário.

Não é apenas o alto conforto de operação da Vögele SUPER 1900-2 que agrada ao condutor de pavimentadora, Pascal Reichmann: as dicas e truques aprendidos por ele durante um curso de especialização de uma semana na fábrica da Vögele em Ludwigshafen também o ajudam no trabalho diário.

E a SUPER 1900-2 ainda apresenta outras características, para fornecer constantemente a máxima qualidade, por exemplo na recepção de material. Grandes rolos de pressão oscilantes garantem uma alimentação suave por meio de caminhão: um requisito importante para se obter o melhor nivelamento possível.

Para a regulagem da altura e nivelamento, a Bickhardt Bau utiliza o sistema automático NIVELTRONIC Plus, juntamente com os sensores adequados da extensa linha da Vögele. Assim, não havia fio de guia no pedaço curto entre as pistas de concreto. Ao invés disso, a calha de drenagem adjacente à primeira pista serviu como referência. Ela era detectada por um sensor ultrassônico. O resto ficou a cargo do NIVELTRONIC Plus, juntamente com um sensor de inclinação.

Vögele SUPER 1900-2: a pavimentadora com o maior conforto de operação

O condutor de pavimentadora Pascal Reichmann trabalha há 5 anos na SUPER 1900-2. Ele continua fascinado pelo seu instrumento de trabalho. Para ele, trata-se da “pavimentadora de maior conforto operacional do mercado”, dentre outras coisas, devido aos detalhes sofisticados, a distribuição dos elementos de comando, o painel de comando facilmente deslocável, os assentos basculantes e os toldos retráteis.

Uma das equipes de revestimento asfáltico da Bickhardt Bau: Michael Fuchs, Kai Blankenburg, Radivoje Malesevic, Nikolaj Schneider, Pascal Reichmann, Jens Schuchart.

Uma das equipes de revestimento asfáltico da Bickhardt Bau: Michael Fuchs, Kai Blankenburg, Radivoje Malesevic, Nikolaj Schneider, Pascal Reichmann, Jens Schuchart.

Condutor de pavimentadora com certificado

“carta de habilitação de pavimentadoras”: ele é “condutor de pavimentadora certificado”. Diversas entidades oferecem um curso de especialização para obter esse certificado. Para isso, Reichmann passou uma semana na fábrica da Vögele em Ludwigshafen: “Aprendemos muito sobre máquinas, segurança, logística e asfalto como material de construção. Posso utilizar isso todos os dias no canteiro de obras.”

Hamm DV 85 VO: Cilindro compactador com vista

Para a compactação final, foram utilizados na obra dois DV 85 VO da Hamm. Os compactadores tandem de direção articulada são ideais para esse trabalho, pois era necessário compactar várias quinas e conexões, numa área relativamente pequena. Em seu assento deslocável, o condutor do compactador, Nikolaj Schneider, contou constantemente com uma vista excelente da cabine em direção à borda do tambor.

E não é só isso que lhe agrada na DV 85 VO: “Já experimentei outros compactadores cilíndricos. Os da Hamm são sempre mais silenciosos que as máquinas de outros fabricantes.” Um dos motivos é o bom isolamento acústico. Outro motivo é a estrutura de concepção da máquina: a Hamm também valoriza fatores “de conforto”, como o baixo nível de ruído na cabine.

Schneider, que atua há mais de 20 anos como condutor de compactadores cilíndricos, também elogia o sistema de pulverização de água da série DV: “Posso ajustar a quantidade de água perfeitamente, para ter sempre a quantidade suficiente no tambor. Nem de menos nem demais.” O ajuste fino o ajuda a obter qualidade máxima com o compactador. A produtividade diária é bem alta, pois a dosagem precisa minimiza o consumo de água e reduz a necessidade de paradas para abastecer. Além disso, as duas janelas no chão da cabine possibilitam a visão perfeita da superfície do tambor. Assim, o condutor pode verificar a qualquer momento, se os tambores estão bem umedecidos.

O offset de eixo do compactador tandem DV 85 VO da Hamm é tão alto, que trabalhos de alta precisão, aqui, a compactação ao longo da borda de asfalto, são facilmente realizados

O offset de eixo do compactador tandem DV 85 VO da Hamm é tão alto, que trabalhos de alta precisão, aqui, a compactação ao longo da borda de asfalto, são facilmente realizados

Schneider, que atua há mais de 20 anos como condutor de compactadores cilíndricos, também elogia o sistema de pulverização de água da série DV: “Posso ajustar a quantidade de água perfeitamente, para ter sempre a quantidade suficiente no tambor. Nem de menos nem demais.” O ajuste fino o ajuda a obter qualidade máxima com o compactador. A produtividade diária é bem alta, pois a dosagem precisa minimiza o consumo de água e reduz a necessidade de paradas para abastecer. Além disso, as duas janelas no chão da cabine possibilitam a visão perfeita da superfície do tambor. Assim, o condutor pode verificar a qualquer momento, se os tambores estão bem umedecidos.

Qualidade com oscilação

Ele também é um grande fã da oscilação, e tem motivo para isso. Através dessa tecnologia, é possível evitar a compactação excessiva e a destruição de partículas. Além disso, formam-se emendas compactas sem danificar as superfícies frias de asfalto ou concreto adjacentes. Por último, os cilindros de oscilação também são capazes de realizar a compactação em áreas sensíveis a vibrações. Assim, em termos de desempenho de compactação e qualidade, saem na frente dos sistemas clássicos de compactação por vibração em pontes, rampas, acima de tubulações de gás e água e próximo a sistemas ferroviários ou construções históricas.

Dupla eficiente: Na seção de 100 m próxima a uma ponte, a pavimentadora SUPER 1900-2 da Vögele aplicou uma camada de base de 14 cm e uma camada de ligante de 8 cm, numa largura de 10,30 m. A compactação final do novo revestimento da pista foi feito pelo, como de costume confiável, compactador tandem DV 85 VO da Hamm.

Dupla eficiente: Na seção de 100 m próxima a uma ponte, a pavimentadora SUPER 1900-2 da Vögele aplicou uma camada de base de 14 cm e uma camada de ligante de 8 cm, numa largura de 10,30 m. A compactação final do novo revestimento da pista foi feito pelo, como de costume confiável, compactador tandem DV 85 VO da Hamm.

Serviços de Assistência do Wirtgen Group: rapidez e confiança

Um dos requisitos para a execução bem-sucedida de um projeto é o grau de confiança das máquinas. É por isso que a manutenção diária dos equipamentos é essencial para Michael Fuchs, superintendente de pavimentação. Além disso, a equipe de construção também realiza por si só todos os outros trabalhos de manutenção. “Fazemos isso de forma bastante precisa, após 500 horas.” Conforme o nível de aperto na programação da equipe, o pessoal de assistência da Bickhardt às vezes vai até a obra e realiza seu trabalho lá.

Isso é possível porque as marcas de produtos do Wirtgen Group seguem a mesma estratégia nas áreas de manutenção e assistência. O acesso aos locais de manutenção é adequado e bastante simples, e os trabalhos podem ser feitos rapidamente, sem ferramentas especiais. Assim, todas as bombas do SUPER 1900-2 se encontram na caixa de transferência das bombas e, devido à disposição bem organizada, oferecem alto nível de facilidade para serviços de assistência.

A manutenção simples também é o principal requisito para que a máquina tenha longa vida útil. E se um componente falhar? Essa pergunta é respondida de forma tranquila pelo superintendente de pavimentação Michael Fuchs. “A assistência do Wirtgen Group é excelente. Quando necessitamos de um técnico ou de uma peça de reposição na obra, alguém é enviado em no máximo 2-3 horas.”

EN FR ES PT